Seja Bem vindo a minha página

ABANDONE DE VEZ SUAS PONTUAÇÕES E RENDA-SE COM TODA SUA PECAMINOSIDADE AO DEUS QUE NÃO LEVA EM CONTA NEM OS PONTOS , NEM AQUELE QUE OS MARCA, MAS VÊ EM VOCÊ , SOMENTE UM FILHO REMIDO POR CRISTO- Thomas Merton

quarta-feira, 14 de maio de 2008

Viver de Amor

Eu quero me enrolar nos teus cabelos, abraçar teu corpo inteiro, morrer de amor, de amor me perder. Calma... essa é a letra da música “Moça” interpretada por Wando, lembra? Você que não viveu nos anos 70 não vai se lembrar mesmo, mas eu cantei muito essa música e tinha como uma verdade a frase: “MORRER DE AMOR”. Que me perdoe os românticos de plantão e o senhor Wando, não penso mais assim. O que seria morrer de amor? Acompanhe-me se puder... Morrer de amor implicaria em não viver o amor na íntegra, fugir, não vivê-lo intensamente em todos os sentidos. Morrer de amor é ter medo de encarar as nuances, as tempestades que ele provoca - e não estou falando das paixões repentinas que vem e que vão, deixando rastros de tristezas, de ódio e indiferença pra quem se entregou a elas, posso dizer amor? Vamos em frente, morrer de amor pra mim hoje é amar sem ser amado, é amar o inalcançável, é sofrer na alma, no espírito. É amar na presença, na ausência, perto ou longe, é sonhar e acordar sorrindo, mesmo assim, viver a vida, com esperanças...Chega! Você já entendeu, e eu não quero ir pro cemitério; eu quero VIVER DE AMOR, sim viver, eu ou qualquer um que viva de amor vai saber a diferença entre morrer e viver. Viver de amor é se entregar de corpo e alma, mergulhar num oceano cheio de delícias...nesse mergulho não se precisa respirar, deixemos tudo por conta do amor. Viver de amor não nos deixa sufocados, e nem nos leva a sufocar ninguém, viver de amor nos leva as mais altas alturas, e caso, sejamos levados entre espinhos mesmo feridos continuaremos amando. Viver de amor não nos deixa ser propriedade de alguém e não nos deixa fazer alguém propriedade. Viver de amor faz-nos viver livres, sem sermos libertinos. Eu sei, fui incapaz de mostrar a diferença entre viver e morrer de amor. Mas eu estou vivendo , por estar vivo escrevo. Por acreditar que ninguém morre de amor, ninguém sobrevive de amor. Prossigo, acreditando que mesmo em minha tenra idade posso amar e ser amado. Eu quero acreditar que posso viver de um grande amor que nem mesmo o tempo poderá matá-lo... Eu quero me enrolar nos teus cabelos, abraçar teu corpo inteiro, viver de amor e de amor me achar. Perdoe-me Wando, mas mudei sua letra!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Quem sou eu

Minha foto
Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brazil
Assunto: Radialista, e atuo como comunicador na rádio 88 fm há 14 anos , atualmente exerço mimha função de locutor na radio boas novas no Rio de Janeiro , uma empresa do mesmo grupo 88 . Tenho tido experiencias tremendas nessa área . obrigado a todos que se interessam em ler meus escritos quer seja por admiração ou por criticas