Seja Bem vindo a minha página

ABANDONE DE VEZ SUAS PONTUAÇÕES E RENDA-SE COM TODA SUA PECAMINOSIDADE AO DEUS QUE NÃO LEVA EM CONTA NEM OS PONTOS , NEM AQUELE QUE OS MARCA, MAS VÊ EM VOCÊ , SOMENTE UM FILHO REMIDO POR CRISTO- Thomas Merton

quinta-feira, 18 de setembro de 2008

ACHANDO GRAÇA DA DESGRAÇA

Não é esquisito você achar graça na desgraça? Pois é... qual a graça na morte de um filho, numa interrupção de relacionamentos, num desemprego, num ministério que ruiu, ou qualquer outro fato que traga tristeza e dor? Paulo estava na desgraça que um espinho na carne lhe colocara, sem entrar no mérito o que era esse espinho, entendo que não havia graça (risos) mas havia Graça (favor imerecido) na vida dele. Toda desgraça traz consigo uma portinha entre aberta que temos que descobrir sozinhos. Essa porta nos leva a descobertas , a introspecções, a reflexões profundas , nos faz sentar no banco da escola de nossas próprias vidas , e rabiscar com tinta inapagável tudo o que fizemos, que nos levou a esses momentos. Em toda espécie de desgraça temos um pouco das sementes que plantamos. Ai , temos que tomar algumas atitudes, vejamos: Paulo orou 3 vezes pedindo ao Deus Supremo que o livrasse do espinho,( é bom frisar que Deus ouve nossas orações e não que atende todas elas) , Deus diz ao pedinte Paulo: Minha Graça te basta. A Graça é como um remédio que nossa mamãe nos aplicava quando caíamos e ralávamos pernas ou qualquer parte do corpo , ardia por uns instantes , mas depois vinha o refrigério. A Graça é como uma rede , um rio de águas cristalinas e uma árvore frutífera que desfrutamos em meio a desertos. Sem a Graça de Deus é impossível viver canta Paulo César Brito. As desgraças sempre teremos , e não adianta querermos nos livrar delas sem antes provar da Graça do Pai. Cada um de nós viveremos experiências profundas, seja nas águas turbulentas da desgraça ou nas águas calmas da vida. E aprendi a não orar para que Deus me livre delas , mas a pedir Graça muita Graça na desgraça.

segunda-feira, 15 de setembro de 2008

MUDANÇAS

Parece que foi ontem , uma cena que não se apagou da minha mente, minha mãe confeccionando uma lamparina de querosene , pavio de pano , um vasilhame de vidro e tampa e uma pergunta que formulei para acabar com minha curiosidade: Mãe: pra que isso ? Ela respondeu: a noite você verá. Não precisou chegar a noite porque vi o seu Chico cortando o fio de eletricidade que alimentava nossa casa. E ai começou a mudança, as noites eram diferentes, a luz de lamparina que mais tarde foram substituídas pelos lampiões e que mais tarde seriam os responsáveis pelo incêndio que deixou nossa casa em cinzas. Mudanças geralmente trazem conflitos, trazem bem estar e até mesmo medos, e incertezas. Mas as mudanças são inevitáveis, e elas estão por toda parte , algumas não são percebidas ,outras são tão visíveis a ponto de transformar nosso interior , mudar nossos hábitos , nossos desejos , nos expulsando de nossas áreas de conforto. Quando tal coisa acontece com as famílias, aprendi que mudanças não nos leva a tragédia, mas a reflexões do que éramos e do que podemos ser quando as mudanças estão acontecendo, ou após elas terem acontecido. No inicio a mudança de luz elétrica para luz de lamparina levou nossa casa a um incêndio que ficamos sem nada pra vestir, comer e local pra dormir, mas foi nesse momento que minha família comandada pelo seu José, trabalhador bagrinho do cais (bagrinho: aquele que pegava resto de trabalhos dos estivadores matriculados no cais do porto de Santos), fortaleceu-se, amadureceu, levantou a cabeça e construiu uma das melhores casa do bairro na época. Nos tempos de cinzas, mudanças, crises, o melhor é rir da cara da situação e nos fortalecer, caso fiquemos chorando, resistentes a mudanças acabamos feridos e engolidos por elas. Tudo é uma questão de decisão. Já vi cidades inteiras arrasadas por furacões serem reconstruídas, podemos citar Hiroshima e Nagasaki, após a bomba atômica se tornaram uma grande potencia. Mudanças não nos trazem destruição , mas nossas atitudes em meio a mudanças poderão nos levantar ou nos derrubar ... Pensem...

terça-feira, 9 de setembro de 2008

PÉS SUJOS

É evidente meus caros leitores que o que eu escrevo são marcas das chibatadas que levo no meu dia a dia , algumas com razão outras não , mas eu viajei dentro das sagradas escrituras e encontrei lá o registro de Cristo lavando os pés de seus discípulos ,e o que eu quero chamar a atenção de vocês é o que me veio a mente em imagem digital enquanto lia , de homens presunçosos e de pés sujos. Eram doze que pensavam diferente e que até se sentiam muito santo. No caso de Pedro quando Cristo se aproximou para lavar-lhe os pés gritou : Não ... nunca lavarás os meus pés . Isso me chama atenção dos hipócritas religiosos que seguem na estrada poeirenta e que ignoram a sujeira dos pés , pisam na lama do ódio, da soberba, de palavras de maldição contra seu próximo, do engano , da inveja e fazem como meninos ,entram em casa enlameados como se nada estivesse acontecendo. Esses nunca erram e nunca precisam de correção. No meio deles estava Judas o traidor, escondido, arredio e se fosse em tempos modernos enfiaria seus pés numa linda meia e escondia num sapato de pele de jacaré, por fora bonito por dentro estado de putrefação. Ele o Judas teve os pés lavados pelo mestre e não reagiu , não se quebrantou , não mudou de lado. Nota-se o que acontece com muitos hoje que pregam , ensinam, cantam , dançam , se encontram , mas escondem a sujeira para que o status, as finanças a “moral” e o bom nome não sejam torpedeados. È impossível alguém caminhar nessas estradas da vida sem sujar os pés, não se pode fazer de contas, não se pode simplesmente olhar para os pés dos viajantes ao lado, mas perceber em si a sujeira , e fazer a oração do publicano : Senhor tem misericórdia de mim, que sou um homem pecador. A alma de um homem assim não suporta caminhar muito tempo com os pés sujos. O sanguíneo Pedro após levar uma bronca de Jesus que lhe disse: Se eu não te lavar não terás parte comigo , imediatamente queria mergulhar de cabeça na bacia com água , mas Jesus lhe disse: Quem já tomou banho precisa apenas lavar os pés. Eu parafraseio as palavras de Cristo da seguinte forma : Quem já teve um encontro comigo, renunciou o pecado e experimentou a transformação que Eu lhe dei precisa diariamente se arrepender dos pecados que eventualmente se pratica ,e não fazer de conta que não aconteceu. No momento me recordo dos tempos que não possuíamos água em casa e nossa mãe para economizar nos mandava apenas lavar os pés para dormirmos , assim não sujaríamos os lençóis pensava ela. Na verdade por fazermos de contas que não temos pés sujos caminhamos , entramos em locais que somente quem tem pés limpos podem entrar. Cristo voltou ao seu lugar e disse aos homens agora de pés limpos : Vão e façam o mesmo, lavem os pés uns dos outros. Jesus disse para lavar e não cortar os pés uns dos outros. Jesus disse : Todos vocês tem pés sujos , e precisam de limpeza. Eu decidi entregar meus pés para serem lavados , cansei de fazer de contas , cansei de aparências, cansei de olhar para os pés alheios. Minhas atitudes não são tão tradicionais, do jeito que todos gostariam que fossem , mas posso ter encontro com gente que faz como Jesus , se curva , tem uma bacia com água nas mãos e me lava os pés. No grupo de Jesus havia todo tipo de gente , terrorista, ladrão, invejoso etc e tal , mas foram contemplados com o amor e a humildade de quem tinha não aprovação ao pecado mas que não era tão duro a ponto de não se curvar e lavar pés sujos

quinta-feira, 4 de setembro de 2008

QUEREM RASGAR MEU LIVRO

Sabe aqueles momentos mais cruciais da luta ? aqueles momentos que parecem que você não vai resistir a catástrofe iminente e você "ouve" uma palavrinha uma frase e te faz ressurgir das masmorras , covas ou cavernas ? Pois bem , nessas conversas via MSN eu "ouvi" tais palavrinhas “mágicas” de um amigo que me disse: O livro da sua vida não será destruído, você tem historia, ninguém irá destruir o que você escreveu. Num estalo me recompus e percebi como gostam de escrever coisas em nossos livros sem nossa permissão , historias mentirosas, e ai descobri a intenção de alguns em nos ter fora de circulação. Livros são eternos, livros trazem historias boas e ruins, livros nos aconselham , livro nos ensinam , e dentro de todas essas qualidades dos livros nos deparamos com o livro de nossas vidas que tem a mesma função de um livro comum .Voce pode notar através do seu livro que tem “escritores” que querem escrever mentiras, e mentiras destroem, mentiras nos faz deprimir, angustiar-se , são palavras que ferem , que nos tornam monstros diante de mentes desavisadas, os “escritores” são criativos e te vêem em locais que não fostes, em situações que sua índole não permite, te casam , descasam , te dão filhos ou até matam e roubam por conta destas malditas criatividades e assim por diante. Há aqueles que não escrevem , mas querem apagar as linhas escritas, e você sabe que é quase impossível , inclusive se o que se escreveu é resultado de algo visível, é fato , e como dizem por ai , contra fatos não há argumentos. Há também malditos “escritores” que querem amassar, anular os seus feitos rasgar o seu livro , esconder de todos.Estou dando muita moral para esses “escritores”, digo isso por que há mais bons do que maus escritores. Viva o Orkut, MSN , emails que hoje nos trazem esses bons escritores bem mais perto e rápido até nós, sem falar nos telefonemas, e até em reuniões importantes que citam seu nome ou seus feitos que foram sem intenções de retorno. Meu livro esta ai , aberto , mas por favor leiam , e nada escrevam se não for verdade. A minha verdade é a mesma verdade de Sansão , Davi , Moisés e tantos outros que a Bíblia não escondeu , mas que também não escreveu nada a mais do que foi real. E isso nos faz um bem tremendo . Boa leitura ... leiam-me ...mas não alterem nada .

Quem sou eu

Minha foto
Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brazil
Assunto: Radialista, e atuo como comunicador na rádio 88 fm há 14 anos , atualmente exerço mimha função de locutor na radio boas novas no Rio de Janeiro , uma empresa do mesmo grupo 88 . Tenho tido experiencias tremendas nessa área . obrigado a todos que se interessam em ler meus escritos quer seja por admiração ou por criticas