Seja Bem vindo a minha página

ABANDONE DE VEZ SUAS PONTUAÇÕES E RENDA-SE COM TODA SUA PECAMINOSIDADE AO DEUS QUE NÃO LEVA EM CONTA NEM OS PONTOS , NEM AQUELE QUE OS MARCA, MAS VÊ EM VOCÊ , SOMENTE UM FILHO REMIDO POR CRISTO- Thomas Merton

domingo, 21 de agosto de 2011

Penduricalhos

Eu passei o dia todo pensando em penduricalhos e mesmo sabendo o que significa tal palavra pouco usada por nós fui verifica-la no dicionário , e não foi surpresa para mim o que significa:(coisa pendente, para ornato,pingente, balangandã)

Ai me surpreendi como ao longo da minha vida vi seres humanos cheios de penduricalhos emocionais e que pareciam e parecem monstros andando sem destino, e que eu próprio também fazia parte deles .

O que são penduricalhos emocionais em nossa vida? Você sabia que ao longo de nossa caminhada na vida vamos aos poucos colando em nossas mentes, nosso corpo , e sentimentos esses artefatos? Vamos discorrer sobre quando e como os penduramos em nós . Ao nascermos, dizem os mais entendidos na psicologia já chegamos com alguns deles, tipo traumas, palavras negativas ouvidas do mundo exterior, e ai vamos crescendo e penduramos mais uns, quando não compreendemos os adultos, quando a noite chega , quando nos deixavam sozinhos, e quando alguns chegam até nos jogar nos córregos ou latas de lixo.

Ai vamos crescendo e a adolescência nos assombra e vamos colando em nós mais penduricalhos da indecisão, da falta de sonhos , de perspectiva, do que somos realmente, se somos crianças , ou adultos, das decepções dos amores não correspondidos.Na juventude é que somos mais atacados pelos penduricalhos das drogas, do sexo desenfreado , das paixões , das rebeldias.

Mas não para por ai... quando adultos já estamos bem pesadinhos , cheios desses artefatos que nos pesam, e caminhamos juntando mais , no casamento, nos negócios, nas religiões... enfim .... quando temos oportunidade após sentirmos o peso ou no linguajar mais moderno, surtamos e jogamos fora os penduricalhos mesmo sabendo que tudo será diferente , que seremos julgados como loucos, ou corajosos até. Ai surge uma nova vida, sem peso, sem empecilho de caminhar ... sem penduricalhos.... E fica apenas o corpo , o espírito e a alma leves.

Joga-los fora é um dever de todos , mas haverá um preço a pagar, por que a multidão esta acostumada com eles, e quem não os carrega é tido como um impostor, um desertor ... O que você vai escolher? Amar a si mesmo é viver sem eles... os penduricalhos

2 comentários:

  1. Muito verdadeiro e oportuno, esse texto!
    O interessante é que muitas pessoas não abandonam os penduricalhos porque ao olhar para quem está ao seu lado diz: - ele também tá cheio de penduricalhos, então por que devo tirar os meus? E, assim, o acumulo vai pesando e enfadando as pessoas até mesmo de "si mesmas"... bem, agora preciso ficar "off" e analisar a mim mesma, vou dar uma olhadinha no meu espelho emocional pra ver quais penduricalhos preciso lançar fora... Abraços Dário e obrigada por esta mensagem tão reflexiva!! Bejos no core!!!

    ResponderExcluir
  2. Muito bom texto. Será que vão nos aceitar sem esses tais penduricalhos? Como vc disse é pagarmos o preço e seguirmos mais leves, mesmo que venhamos incomodar aqueles que acostumaram a nos ver pesados com essas "carguinhas" e prontos pra aceitarmos mais e mais penduricalhos. Oh palavrinha difícil. rsrs...
    Abraços. Cleia

    ResponderExcluir

Quem sou eu

Minha foto
Volta Redonda, Rio de Janeiro, Brazil
Assunto: Radialista, e atuo como comunicador na rádio 88 fm há 14 anos , atualmente exerço mimha função de locutor na radio boas novas no Rio de Janeiro , uma empresa do mesmo grupo 88 . Tenho tido experiencias tremendas nessa área . obrigado a todos que se interessam em ler meus escritos quer seja por admiração ou por criticas